AUDIOMETRIA TONAL e VOCAL

A audiometria tonal é um exame que avalia a capacidade auditiva. É realizado por um fonoaudiólogo ou médico, com o paciente dentro de uma cabine acústica, visando isolá-lo do ruído ambiental e utiliza o equipamento chamado audiômetro de tons puros.

No caso da Audiometria Vocal o procedimento é o mesmo, porém o examinado deverá repetir uma lista de palavras em um microfone para que seja avaliada a sua capacidade de discriminação dos sons da fala.

AUDIOMETRIA OCUPACIONAL

É uma audiometria tonal realizada em que trabalha ou irá trabalhar em ambiente com barulho, substâncias tóxicas à audição ou vibração. Pode ser solicitada em várias situações: na pré-admissão, no periódico, troca de função,demissão ou retorno ao trabalho.

O acompanhamento da Audiometria fornece dados para a empresa planejar e monitorar o Programa de Conservação Auditiva (PCA), parte do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

IMITANCIOMETRIA

É um exame rápido e não invasivo. É muito importante  para avaliar o funcionamento da Orelha Média (Tímpano,Ossículos do Ouvido, Tuba auditiva), principalmente durante e após um quadro de infecção do ouvido(Otites). Pode ser realizado em adultos e crianças. Consulte seu médico e realize o exame com um Fonoaudiólogo!

EOAS

Emissões Otoacústicas avalia a porção interna do ouvido(cóclea) também conhecido como “teste da Orelhinha”.

BERA

O BERA é um exame eletrofisiológico que registra a atividade elétrica da via auditiva até o sistema nervoso central. Também conhecido como “Audiometria de Tronco Cerebral”, analisa a integridade da via que o estímulo auditivo percorre desde o labirinto e nervo auditivo até o tronco encefálico, região esta, responsável pela integração das informações para o cérebro. Este exame deve ser realizado com o paciente em repouso. Informe-se sobre orientações de preparo.